Cabelo


Há já algum tempo (há cerca de 1 ano) que ando a pensar seriamente a pensar cortar o meu cabelo assim, isto da próxima vez que for cabeleireiro. Apesar de adorar ter o cabelo comprido, de vez em quando mais ou menos de 5 em 5 anos) apetece-me fazer um corte diferente do habitual, tanto que quando decido fazer algo muito diferente do que é costume, a minha cabeleireira costuma perguntar-me se tenho mesmo a certeza do corte. Por outro lado, também penso em como depois hei-de fazer para voltar ao corte que tenho agora.





O melhor é que ando com vontade de o pintar de vermelho novamente, mas ainda tenho bastante presente a trabalheira que foi voltar a ter o cabelo hidratado depois de o pintar (nunca troquei de marca de condicionador tão constantemente como naquele ano), além da trabalheira que é manter a cor (o vermelho ao fim de duas semanas fica "baço"), acabando por o pintar todos os meses (o tempo sem o pintar deveria ser de 2 meses, no mínimo), até que desisti e, pintei-o cor uma cor semelhante à minha natural (apesar de ter ficado avermelhado por causa da cor anterior), de forma a  poder  deixá-lo crescer sem tinta e não haver muita diferença de cores.
Era um plano fantástico se não tivesse ido de férias para a praia e, voltado de lá com o cabelo alanjarado por causa do sol, mas, como na altura o ombré hair estava na moda, no meio de tanto ombré mau, o meu cabelo passava despercebido, além de naquela altura, precisar de lhe pôr tudo menos tintas.

O cabelo vermelho e o pseudo ombré



Comentários

  1. parece bem, sei lá. a s já o teve azul. nao ficava mal. tudo menos verde, nao?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Azul ou roxo são cores que gostava realmente de ter. Depende também de como ficar a cor, há verdes escuros que até ficam giros, mas os mais claros já não acho tanta piada.

      Eliminar

Enviar um comentário