Pulp Fiction


Pulp Fiction, é um filme que sempre me despertou curiosidade e, só recentemente é que o vi. Adorei o filme, fiquei viciada na banda sonora e, foi assim que comecei a ver outros filmes de Tarantino e a ficar viciada.


Pulp Fiction, é um filme de Quentin Tarantino, lançado em 1994. O título do filme, é inspirado nas revistas Pulp, populares durante a metade do século XX e caracterizadas pela sua violência gráfica, pelos seus diálogos ricos e eclécticos, a mistura irónica de humor e violência, narrativa não-linear, alusões a produções cinematográficas e referências à cultura pop.

Este filme, retrata três história diferentes, que se interligam, sobre dois assassinos profissionais, o seu chefe e a sua esposa; um pugilista pago para perder uma luta e; um casal que assalta um restaurante. Estas história são retratadas de forma não cronológica, é certo que em algumas alturas ficamos um bocado perdidos, mas no fim, tudo faz sentido.

A violência, as drogas, são tratadas como algo normal na vida das personagens e, com algum humor negro.

A banda sonora do filme é espectacular, prende-nos ao ecrã e, somos capazes de ficar com as músicas na cabeça durante dias.

"Never can tell", Chuck Berry

A já conhecida cena de dança, fiquei com esta música na cabeça durante dias, por vezes dou por mim a cantar parte do refrão.
"C'est la vie, say the old folks
It goes to show you never can tell"


A soundtrack do filme:

Comentários

  1. também é dos meus filmes preferidos de sempre e cheguei a comprar a banda sonora em cd. surf rock e dusty springfield, ye.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei tanto da banda sonora, que a comprei alguns dias depois de ter visto o filme.

      Eliminar
    2. Fizeste bem. A do "Reservoir Dogs" também é gira, sem chegar ao nível dessa.

      Eliminar

Enviar um comentário