The Pelicano Brief

18:14 Raphy's 5 Comentários


Sinopse:

Abraham Rosenberg, juiz da Suprema Corte, 91 anos, é uma lenda viva do Supremo e, provavelmente, o homem mais odiado da América. Ele está em sua casa, dormindo, quando recebe tiros com silenciador na cabeça. Horas depois, o mesmo assassino dirige-se para um cinema gay. Lá, assistindo a um filme porno, está o mais jovem juiz da Suprema Corte, Glenn Jansen. O matador internacional, homem de muitas faces, idiomas e que nunca deixa pistas, liquida Jansen sumariamente, estrangulando-o. O país espanta-se. O presidente quer saber se há alguma agência, operação ou grupo ligado ao caso. A CIA e o FBI não têm ou não querem dar as respostas. Darby Shaw, uma brilhante e bela estudante de Direito acredita poder encontrá-las. Aluna e amante de Callaham, professor de Direito Constitucional e defensor entusiasmado das ideias do juiz Rosenberg, Darby inicia uma investigação por conta própria sobre os assassinatos nos computadores da biblioteca da faculdade. Descobre, então, uma conexão entre os dois juízes mortos e um suspeito, em cuja probabilidade de culpa ela mesma não acredita muito. Guarda sua pesquisa numa pasta que ganha o nome de dossier Pelicano. Mas o dossier termina percorrendo um caminho inesperado e é lido por pessoas que dão muita importância às conclusões de Darby. A partir daí, tem início uma sofisticada perseguição, cujo objetivo é eliminar Darby. Uma bomba erra o alvo e mata Callaham no lugar da moça. O jogo mortal está declarado. Numa outra ponta da trama está Gray Grantham, um repórter sério e ético do Washington Herald. Ele também está intrigado com a simultaneidade dos assassinatos e sua matéria corajosa sobre o assunto chama a atenção de Darby – e dos mandantes dos crimes. Ela procura o repórter. Juntos, eles desaparecem de circulação, tentando sobreviver enquanto buscam a verdade do dossier Pelicano. Baseado no livro "The Pelican brief" (1992, O dossier Pelicano) do escritor americano John Grisham.

Direção e Roteiro de Alan J. Pakula, com Julia Roberts, Denzel Washington, Sam Shepard, John Heard, Tony Goldwyn, James Sikking, William Atherton, Robert Culp, Stanley Tucci, Hume Cronyn, John Lithgow, Anthony Heald, Nicholas Woodeson, Stanley Anderson e John Finn. Produzido pelo estúdio Warner Bros. Pictures. IMDB

Trailler:


Apesar de já ter visto este filme à bastante tempo, só agora escrevi o post do mesmo. Foi um filme que me prendeu desde o início, vale a pena ver.
Apesar de já ter ouvido falar de John Grisham, ainda não li nada dele, algo que pretendo fazer.

5 comentários:

  1. o livro é muito giro. conheci-o em miúdo, através daqueles "livros condensados" do reader's digest que acho que toda a gente tem em casa, mas nunca vi o filme. vale a pena?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que vale a pena ver, pelo menos gostei do filme.
      Nunca li o livro, mas é sempre provável que faltem alguns pormenores como costuma acontecer nas adaptações.

      Eliminar
  2. Por acaso acho que nunca assisti a esse filme.

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  3. Já vi (obrigadinho, tpb).
    E agora também acho que, de facto, vale a pena ver.

    ResponderEliminar